Aliado de Lula diz que presença de Moro em debate

0
96

[ad_1]

Os candidatos Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL) travaram uma queda de braço no debate desta noite na Band

Victória Azevedo e Paula Soprana
São Paulo, SP

O advogado Marco Aurélio de Carvalho, coordenador do Prerrogativas e aliado próximo ao ex-presidente Lula (PT), criticou a presença do ex-ministro Sergio Moro (União Brasil) no debate.

“A presença de Moro é um escárnio. Demonstração que ele não tem um pingo de autoestima. Foi escorraçado desse governo que ajudou a eleger, prestou serviços a Bolsonaro na condição de juiz e de ministro e agora o faz como senador. É uma piada”, afirmou.

Moro chegou ao estúdio acompanhado do ex-secretário de Comunicação Fabio Wajngarten. Ao entrar, cumprimentou o presidente Jair Bolsonaro (PL) com um abraço.

No lounge do debate, Frederick Wassef diz que só não foi eleito por ser alvo de fraude

Frederick Wassef, advogado da família Bolsonaro e ex-candidato a deputado federal, disse que só não foi eleito por ser alvo de fraude.

“Todos me reconhecem na rua, todos me abraçam, dão parabéns e pedem foto comigo. Como não iam votar no em mim?”, argumentou, sem falar de nenhuma prova.

Ele disse que no momento oportuno deve tomar alguma medida judicial. Apesar do discurso bolsonarista, nenhuma prova já foi apresentada comprovando fraude eleitoral.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“As informações das denúncias que tenho é que alguns alvos foram escolhidos a dedo e vítimas de algum tipo de mecanismo para os atingir”, disse.

[ad_2]

Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here